terça-feira, 4 de outubro de 2011

SENHOR DOS MILAGRES UMA CHAMA ACESA APÓS 214 ANOS DE MEMÓRIAS






No ano de 1803 ocorreu um dos maiores temporais na Madeira de todos os tempos destruiu  muito da nossa Ilha afectando particularmente Machico onde ficou marcado pela destruição da Capela de grande devoção e a perda da sua preciosa imagem de culto. Após algum tempo em alto mar uma galera Americana descubriu a Cruz com o Senhor intacta a flutuar em alto mar, queriam seguir a sua viagem de regresso mas não conseguiram pensaram então que devido à cruz que tinham encontrado que era ali que ela pertencia e por esse facto não conseguiam seguir viagem com ela a bordo, decidiram então entraga-la na Sé do Funchal onde permaneceu muitos anos até à recuperação da Capela e que apartir desse Momento passava  a chamar-se a Capela do Senhor dos Milagres.
A partir desse momento o Senhor foi transportado por mar para a sua Terra Natal  (Machico), onde estava toda a população à sua espera, desembarcou e fez-se uma linda e iluminada procissão à luz dos archotes até à sua Ermida onde permanece até hoje e onde toda a população de Machico, da Madeira e de Fora acorrem todos os anos nos dias 8 e 9 de Outubro para o Visitar, pagar as suas promessas e fazendo outras para que as possa alcançar e vir para o próximo ano agradecer, foi assim durante todos estes anos de gerações em gerações e assim esperamos continuar porque a Fé, o Amor e as Promessas alcançadas assim o ditam e a tradição para as gerações futuras nunca morrerá.





Nos próximos dias, 8 e 9 de Outubro na Paróquia de Machico como manda a tradição realiza a comemoração do Senhor dos Milagres.





Na Quinta-feira a procissão inicia-se no Largo da Capela do Senhor dos Milagres para a Igreja Matriz de Machico às 20:00 horas, e a Missa realiza-se às 21:30 horas.




Na Segunda-feira a Missa da Festa será às 15:00 horas, seguindo-se depois a procissão do Senhor dos Milagres de volta para a sua Capela.





Sem comentários:

Enviar um comentário